Campolide,

Programa de instalação de sanitários caninos

  • 000
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

 

Campolide inicia este mês uma experiência-piloto de instalação de sanitários caninos em diferentes zonas da Freguesia, criando espaços onde os donos possam levar os animais a fazer as suas necessidades. «Trata-se de uma medida que junta higiene e cidadania, uma vez que é dirigida aos proprietários de cães, mas também a todos os outros Vizinhos e Vizinhas que, deste modo, não terão de cruzar-se com os desagradáveis dejectos caninos nos espaços da nossa Campolide», afirma o Presidente da Junta de Freguesia de Campolide, André Couto.

«Tem sido preocupação do Executivo encontrar soluções para as queixas dos moradores que falam dos dejectos animais e do mau cheiro que chega às habitações», acrescenta o autarca. «Foram várias as campanhas de sensibilização que realizámos, em conjunto com as toneladas de dejectos já recolhidos pelo Motocão. Embora a situação tenha melhorado, sabemos que ainda não o suficiente», remata.

Assim, esta primeira experiência passará por uma fase de teste em que serão instaladas "casas de banho" caninas em três zonas distintas: Bairro da Serafina, junto ao campo de jogos, Quinta da Bela Flor, à entrada das hortas, e Bairro da Calçada dos Mestres, por baixo dos arcos do Aqueduto, na confluência da Rua 1 com a Rua 2. A extensão destas instalações sanitárias caninas a outros pontos da Freguesia dependerá do sucesso que esta medida encontre nestes três primeiros locais, bem como da conclusão das obras em curso na Praça de Campolide, Av. Miguel Torga e Rua Eduardo Malta.

«Primeiro vamos perceber se as pessoas e os seus animais se habituam, ou não, a esta nova prática e apenas depois aumentaremos o investimento», diz ainda André Couto. «Se a medida tiver o sucesso que esperamos, será estendida a outros locais da Freguesia», acrescenta. Nessa altura serão construídos novos sanitários na futura Praça de Campolide, na nova zona central da Rua Eduardo Malta, na Av. Miguel Torga e na Rua D. Carlos de Mascarenhas, junto ao parque de estacionamento da Vila Maria.

«Todas serão instaladas, tanto quanto possível, longe de habitações. Esperamos, assim, contribuir para a satisfação e saúde pública de todos os nossos Vizinhos e Vizinhas», refere o Presidente da JFC, acrescentando: «Queremos uma Freguesia cada vez mais limpa e exemplar»

O portal da JFC utiliza cookies de rastreamento anónimo para melhorar a interacção com o Utilizador. Ao continuar a navegação, está a concordar com o uso de cookies.